O próximo inimigo

O próximo inimigo é uma coprodução cinematográfica da Argentina e do Reino Unido filmada em cores dirigida por Robert Young no roteiro de Arthur Hopcraft de acordo com a novela. Não há lugar para se esconder , de Ted Allbeury que estreou o 1 de dezembro de 1994 e que teve como atores levando a Sam Neill , Talisa Soto , James Fox e Michael Kitchen . Tinha os títulos alternativos de The Hostageand Against all law .

Sinopse

Ao procurar na Argentina um companheiro seqüestrado por terroristas, um agente secreto britânico se apaixona por uma jovem bonita.

Fundido

  • Sam Neill … John Rennie
  • Talisa Soto … Joanna
  • James Fox … Hugo Paynter
  • Michael Kitchen … Fredericks
  • Arte Malik … Khalim
  • Cristina Higueras … Gabriella
  • Nigel Hastings … Williams
  • Jean Pierre Reguerraz … Juan
  • Elizabeth Garvie … Mary Rennie
  • Trevor Bannister … Mason
  • Leonie Mellinger … Sra. Mason
  • Vando Villamil … Ryan
  • Jorge Baza de Candia … Lambert
  • Bill Stewart … Funeral Director 1
  • Thomas Craig … Funeral Director 2
  • Jane Kinninmont … filho de Rennie
  • Kate Young … Filho de Rennie
  • Annie Estrada Mora … Filho de Khalim
  • Carolina Estrada Mora … Filho de Khalim
  • Nora Codina … Dançarina de Tango
  • Esteban Wozniuk … Tango dancer
  • Diego Leske … Bully 1
  • Martin Murano … Bully 2
  • Enrique Latorre … Barman
  • Martín Coria … Assassino
  • Virginia Lombardo … Abductor 1
  • Nora Duco … Kidnapper 2
  • Miguel Ángel Paludi … Sequestrador
  • Armando Capo … Motorista de sequestro
  • Dennis Dunn Doctor
  • Claudio Rissii … Khalim motorista

Comentários

As pessoas escreveram:

“O fato de ter feito este mamarracho nem sequer merece ser contado. Dica: eles fizeram isso para o inimigo “.

Adrián C. Martinez opinou em La Nación

“O diretor não fez nada para vitalizar a história que se desenrola em Buenos Aires com personagens de fundo que falam com o acento risível da América Central e onde o tango, aqui muito exportado, parece ridiculamente caricaturado”.

Marcelo Panozzo em Clarín disse:

“É um filme de ação ruim e suspense que, no entanto, atinge grandes momentos de comédia involuntária”.

Referências

  • Manrupe, Raúl; Portela, María Alejandra (2001). Um dicionário de filmes argentinos (1930-1995) . Buenos Aires, Editorial Corregidor. p. 481. ISBN  950-05-0896-6 .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *